sábado, 18 de novembro de 2017

Os preparativos para a formatura


No dia 17 de novembro, aconteceu nossa formatura de pré lll. O trabalho foi árduo durante vários dias. Muitos sacrifícios, pessoas envolvidas, deixando tarefas importantes em segundo plano para este objetivo que para nós e para os pequenos alunos é ainda mais importante.
Os professores e funcionários se dividiram, se organizaram e esquematizaram grupos de trabalho para que tudo fosse perfeito. Para alguns isso pode não representar muita coisa, mas para as crianças que estão fechando uma etapa em nossa escola e se transferindo para o Ensino Fundamental, foi importante comemorar essa transição.
Tudo foi pensado para eles. Para a família deles. 
A nossa formatura tem o objetivo de fazer a família se emocionar e sonhar com um futuro brilhante para aquele (ou aquela) pequenino(a). Pais olham seus filhos sentados naquela cadeirinha sonhando com o dia que verão seus filhos graduando na faculdade.
São sonhos sendo plantados e o incentivo lançado para estes pais.
É através da Educação que mudamos a nossa realidade e o mundo.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Dia 30 de outubro: dia de quem prepara a hora mais gostosa



Parabéns a essas profissionais que são responsáveis pela alimentação de qualidade e deliciosa da nossa Instituição.
Dia Nacional da Merendeira Escolar!!
Parabéns mulheres guerreiras!!
Vocês são responsáveis pela receita de amor...


Em homenagem a vocês o texto de Diego Cabó: Receita do amor
Ingredientes:
.4 xícaras de carinho
.2 xícaras de atenção
.2 colheres de suspiros
.8 pedaços de saudades
.3 colheres de respeito
.Amor, sorrisos bobos, pimenta e ciumes a gosto.
Modo de preparo:
-Misture 8 pedaços de saudade com 2 xícaras de atenção em uma penela até virar uma mistura onde qualquer momento seja especial. Acrescente sorrisos bobos até ficar homogêneo;
-Junte todo o carinho na forma e caramelize com suspiros de paixão, ao sentir o cheiro de sonhos se espalhando no ambiente retire do fogo e acrescente uma pitada de pimenta para sentirmos a intensidade dentro de nós sempre que provarmos;
-Misture bem todos os ingredientes anteriores para não virar rotina, acrescente muito amor e uma colher de ciumes para dar um pequeno sabor de dedicação; Adicione 3 colheres de respeito. (Caso erre na medida de ciumes coloque respeito a gosto);
-Ponha a 120 batimentos por minuto em dois corações quentes e com bastante espaço para amar. Nunca coloque em um coração mais ingredientes que no outro.


-Obs: não deixar mais de um dia no fogo pois a saudade queima.


Rendimento: Muitas porções

A criança e o brincar


A Lógica de Einstein!
Conta certa lenda, que estavam duas crianças patinando num lago congelado. Era uma tarde nublada e fria, e as crianças brincavam despreocupadas.
De repente, o gelo quebrou e uma delas caiu, ficando presa na fenda que se formou. A outra, vendo seu amiguinho preso, e se congelando, tirou um dos patins e começou a golpear o gelo com todas as suas forças, conseguindo por fim, quebrá-lo e libertar o amigo.
Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:
- Como você conseguiu fazer isso? É impossível que tenha conseguido quebrar o gelo, sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis!
Nesse instante, um ancião que passava pelo local, comentou:
- Eu sei como ele conseguiu.
Todos perguntaram:
- Pode nos dizer como?
- É simples: - respondeu o velho.
- Não havia ninguém ao seu redor para lhe dizer que não seria capaz.


O mundo das crianças é diferente do nosso. Nós é quem as podamos e interceptamos seus sonhos e criatividade.
No EMEI Vinícius de Moraes tentamos dar autonomia para a criança ser quem ela sonha. Tentamos e nos esforçamos para não apararmos as ideias mais simples e geniais que a criança possui.
O brincar livre está diretamente ligado ao desenvolvimento integral da criança. Neste momento, a criança brinca como ela quer, com quem ela quer e da forma mais natural possível.
O educador observa e apenas intervem em momentos de extrema necessidade. Assim, evitamos dizer que não é possível ou que ela não é capaz de algo.
Educar e instruir para a vida é parte da Educação Infantil.

Pré l - Professora Luana

A professora Luana sempre é muito criativa, gosta de novidades e temas diversificados na sala de aula. E não é atoa, não!!!
Olha que gracinha ela falando para os pequenos de 3 anos de idade que ainda não conhecem o Oceano. 
Ela formulou e aplicou um projeto sobre "O fundo do mar" e trouxe alguns objetos característico deste ambiente para que os pequenos pudessem tocar e entender um pouquinho de toda a magnitude que há lá por baixo de toda aquela água salgada.



Pré lll

A Educação Infantil não é um nível de ensino engessado: podemos dizer que trabalhamos e estudamos nos divertindo, brincando e aproveitando todos os momentos.
Observe a foto e veja a cara de felicidade destes pequenos:






O Direito das Crianças


Toda criança no mundo
Deve ser bem protegida
Contra os rigores do tempo
Contra os rigores da vida.


Criança tem que ter nome
Criança tem que ter lar
Ter saúde e não ter fome
Ter segurança e estudar.


Não é questão de querer
Nem questão de concordar
Os diretos das crianças
Todos tem de respeitar.


Tem direito à atenção
Direito de não ter medos
Direito a livros e a pão
Direito de ter brinquedos.


Mas criança também tem
O direito de sorrir.
Correr na beira do mar,
Ter lápis de colorir...


Ver uma estrela cadente,
Filme que tenha robô,
Ganhar um lindo presente,
Ouvir histórias do avô.


Descer do escorregador,
Fazer bolha de sabão,
Sorvete, se faz calor,
Brincar de adivinhação.


Morango com chantilly,
Ver mágico de cartola,
O canto do bem-te-vi,
Bola, bola,bola, bola!


Lamber fundo da panela
Ser tratada com afeição
Ser alegre e tagarela
Poder também dizer não!


Carrinho, jogos, bonecas,
Montar um jogo de armar,
Amarelinha, petecas,
E uma corda de pular."





quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Atividades do berçário


Muitas pessoas acreditam que o berçário existe apenas para cuidar dos pequenos que acabaram de chegar. O que muitos não sabem é que eles fazem atividades educativas e pedagógicas para a sua autonomia pessoal. 
Recebe crianças a partir de 4 meses ou 6 meses, conforme a proposta pedagógica da escola. Tudo no berçário é diferente: precisa atenção redobrada até os 2 anos da criança. Nesta fase a criança cria vínculos afetivos então a relação família e escola deverá ser muito próxima.
A professora Pedagoga responsável pela sala planeja atividades que compreendam o desenvolvimento integral da criança. Estas vão desde pecinhas de encaixe, atividades com tinta e massinha de modelar, brinquedos, circuito de obstáculos entre outros.
Veja as fotos da professora Derli:




O brincar de faz-de-conta e o desenvolvimento integral da criança


Talvez você já tenha visto lindas crianças repetindo situações do cotidiano, imitando a fala e a atividade dos pais, professores, televisão; criando situações hipotéticas com brinquedos e personagens. Brincando no parquinho de família, cozinheiros, super-heróis, médico com os bichinhos de pelúcia ou bonequinhas ou outra. Isto é o faz-de-conta!!
Tão importante quanto se alimentar ou lavar-se, o brincar para a criança é levado muito a sério na fase dos 3 até os 7, 8 anos.
Segundo a pesquisadora e autora de uma pesquisa do site www.tempojunto.com, há quatro áreas importantes que são desenvolvidas na criança ao promover estes momentos:
Intelectual – desenvolvendo habilidades como resolução de problemas, negociação, criatividade, organização e planejamento, retenção de tradições, costumes e cultura familiares, aplicação de conhecimento na prática e até matemática!
Físico – estímulo de coordenação motora e coordenação espacial.
Social – entendimento dos papeis sociais, visão do seu lugar na família, compartilhar, colocar-se no lugar do outro, cooperação, controle da impulsividade, reconhecer os pontos fortes do outro e lidar com desapontamentos.
Emocional – aumento da autoestima, orgulho próprio, desenvolvimento da sensação de segurança e proteção, desenvolvimento da independência, reconhecimento de sentimentos e de propósitos. 
Nesta brincadeira, a criança imita a vida, imita o adulto, expressa emoções. Então é o momento do professor investigar a criança fazendo questionamento pertinente ao que se tem dúvidas. É o momento de fazer perguntas e instigar a criança a refletir sobre suas ações, comportamento e atitudes.


Fotos: pré lll professora Mariane

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Como você vê a alfabetização antes do Ensino Fundamental?


A polêmica é grande: ensinar ou não ensinar na Educação Infantil?


Ps: Responda nos nossos comentários!!!

Lateralidade e espacialidade




Quantas vezes uma pessoa apontou para a esquerda e disse direita? E quem nunca demorou alguns segundos para erguer o braço direito ao receber essa ordem? Essa noção de lateralidade está intimamente ligada com a noção de espaço que adquire-se na infância.


Na pré escola a importância do desenho, noções espaciais e lateralidade são trabalhos e estratégias desenvolvidos pelos educadores como forma de preparo da criança para o 1º ano do Ensino Fundamental. Com estas pequenas lousas e muito giz faz-se a alegria da criançada. No início, antes da definição da lateralidade, a criança expressa a preferência por uma das mãos em suas atividades, ou seja, o lado predominante e em desenvolvimento do seu intelecto.
 
A noção espacial refere-se ao conhecimento do espaço externo do corpo, estando próxima a noção de direcionalidade (esquerda e direita, dentro e fora, em cima e em baixo,...). O desenho e os rabiscos contribuem significativamente para que a criança desenvolva estas habilidades.
Se quando criança não houver um trabalho efetivo na sua lateralidade e noção espacial, ao atingir a idade adulta esses transtornos persistirão e muitas vezes são demonstrados no cotidiano, como:
- Dificuldade de encontrar direção (confusão de esquerda e direita, dentro e fora, em cima e em baixo);
- Dificuldade em desenvolver situações propostas solicitadas como equilíbrio no percurso de obstáculos;
- Dificuldade de perceber o espaço que o circunda (as pessoas passam a ser rotuladas de “estabanadas” porque esbarram nas coisas, derrubam, causam acidentes, etc).
- Dificuldade de interiorização de si mesmo (não percebe as reais proporções de seu corpo);
- Dificuldade de leitura/escrita (não escrevem e não leem corretamente);
- Dificuldade de organização (do tempo e do ambiente).
- Dificuldade de fazer representações mentais (imaginação);
Na pré escola, educadores, planejam atividades lúdicas quem ensinem para a vida e busquem o desenvolvimento integral da criança.


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Mais sobre o ENAED

Mais um pouco sobre o ENAED - Encontro Nacional de Educação, do Campus da UNEMAT de Sinop. A equipe do EMEI Vinicius de Moraes participou do evento com entusiasmo.
Com vários trabalhos em banners, foram mostrados diversos projetos, sequencias didáticas e atividades trabalhados nas turminhas culminando em resultados baseados em pesquisas aplicada.
Com os trabalhos bem organizados, escritos e com fotos interessantes divulgamos o que fazemos na nossa escola.
Divulgar em eventos trabalhos desenvolvidos é algo grandioso e importante tanto para a escola quanto para a vida profissional do professor. Mostra sua qualificação para o trabalho na sala de aula.
A atividade como forma de pesquisa em busca de resultados, como forma de percepção como está a qualidade da educação e o aprendizado em uma dada turma.
O comprometimento dos professores em relação a qualidade da educação está intimamente ligada a capacitação e a formação continuada que cada um dedica a realizar extraclasse.



Cada painel destes é a prova da responsabilidade que cada professor carrega em si afim de conduzir suas atividades do dia dia na sua sala de aula como meta de ensinar cada tema da proposta curricular.
A Educação Infantil prima pelo brincar e socializar, mas ensinar brincando é algo que não se pode fugir. A criança aprende com tanta facilidade que devemos aproveitar essa fase da vida para moldar todo interesse em diversas áreas de atuação.
A Educação compreende uma diversidade de temas e assuntos, tanto para professores que por consequência às crianças: dar o que a criança precisa é o principal objetivo, evitando dar o que ela apenas pede.
Grandes pensadores falam sobre o ato de ensinar para a autonomia. Educar para o mundo, para a formação de uma criança cidadã, compreendida dentro da sociedade.
Jogos e brincadeiras são ferramentas e estratégias para alcançar os objetivos de s ensinar, socializar e interagir em grupos e socialmente. É com o outro que aprendemos as maiores lições: professores com professores, professores com crianças e crianças com crianças.
Segundo Paulo Freire: "Mudar é difícil mas é possível." Então, se algo não está dando muito certo, mude o caminho, a estratégia e atividade.
Neste painel vemos algumas atividades  desenvolvidas nas salas de aulas com as crianças.
"O saber que não vem da experiência não é realmente saber."




Para falar mais sobre alguns pontos da Educação e sobre as mudanças da profissão:
"Verdades da Profissão de Professor


Ninguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível. Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses profissionais continuem sendo desvalorizados. Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso da educação, grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.
A data é um convite para que todos, pais, alunos, sociedade, repensemos nossos papéis e nossas atitudes, pois com elas demonstramos o compromisso com a educação que queremos. Aos professores, fica o convite para que não descuidem de sua missão de educar, nem desanimem diante dos desafios, nem deixem de educar as pessoas para serem “águias” e não apenas “galinhas”. Pois, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda."

Postagem em destaque

Vinicius de Moraes para Crianças